Busca
    

Lucros crescem com mulheres

Edição 296

Empresas com mulheres no comando são mais lucrativas, o que tem fomentado índices acionários com esse recorte

Sylvia Coutinho, presidente do banco suíço UBS no Brasil, tem um tom de voz calmo e tranquilo. Não costuma alterar a voz para se fazer ouvida em um setor esmagadoramente

Impacto nas carteiras

Edição 295

A tecnologia e o seu potencial de impactar os ativos de investimentos estão ganhando espaço na agenda dos investidores institucionais

Gestores ouvidos pela publicação americana Pension & Investment disseram que os riscos e as oportunidades oferecidas pelos avanços tecnológicos estão firmemente em seu radar, com alguns examinando

Unindo donos de recebíveis e investidores

Edição 295

Operações não tem a intermediação de instituições financeiras tradicionais do mercado

As fintechs, startups voltadas para a prestação de serviços no mercado financeiro, começam a atrair gestoras de recursos com o discurso da desbancarização dos investimentos. A fintech Monkey Exchange, plataforma eletrônica de executivos egressos da XP,

Bolhas globais em análise

Edição 295

Financista Richard Duncan fala sobre os possíveis riscos aos mercados com as fortes valorizações recentes dos ativos em mundo de juros baixos

Para o economista americano Richard Duncan, autor de três livros sobre a crise econômica global, o mercado acionário americano está muito caro. Segundo ele, que

Alocação passiva mascara a volatilidade

Edição 294

Quantidade de investimentos passivos pode estar afetando a volatilidade dos ativos 

O aumento dos investimentos passivos pode estar afetando a medida da volatilidade implícita no mercado de curto prazo, dizem alguns gestores. Com o índice de Volatilidade da Troca de Opções da Diretoria de Chicago, mais conhecido

Disputa pelo crédito

Edição 292

Gestores especializados assediam os fundos de pensão para negociar carteiras de créditos inadimplentes 

Os fundos de pensão, com carteiras de crédito contaminadas por calotes, estão sendo cortejados fortemente por empresas que atuam no nicho de recuperação de créditos inadimplentes. Após a mais severa crise de crédito ter

Smart beta entra em jogo

Edição 292

Fundos de pensão começam a estudar aplicação de índices de fatores em renda variável após retomada do mercado de capitais brasileiro

Os fundos de índice com exposição a fatores, conhecidos como smart beta, devem começar a entrar nas estratégias dos fundos de pensão que voltam à renda

VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês