Busca
    

FGV e Ancord são as novas entidades reconhecidas pela Previc para certificação de dirigentes

15-12-2017 - 16:34:25

 

A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) publicou nesta sexta-feira, 15 de dezembro, a lista de entidades certificadoras que serão aceitas no processo de certificação de dirigentes de fundos de pensão em 2018. Entra as novas entidades aceitas pela autarquia estão a FGV e a Ancord. Até então, as certificadoras reconhecidas eram apenas Anbima, ICSS, Apimec, IBGC e Planejar.

Para os cargos de administrador estatutário tecnicamente qualificado (AETQ); diretor de investimentos e demais responsáveis por aplicação de recursos, os certificados reconhecidos pela Previc em 2018 serão CPA-20, CEA, CGA, da Anbima; Agentes Autônomos de Investimento - AA, da Ancord; CNPI, CNPI-P, CGRPF, da Apimec; profissional de investimentos, do ICSS; e CFP, da Planejar.

Já para os demais membros da diretoria-executiva e dos conselhos deliberativo e fiscal, a Previc reconhecerá os certificados CPA-20, CEA, CGA, da Anbima; Agentes Autônomos de Investimento - AAI, da Ancord; CNPI, CNPI-P, CGRPF, da Apimec; FGV - Previdência Complementar, da FGV; IBGC Conselheiros, do IBGC; Profissional de Investimentos, Administradores em Geral, do ICSS; e o CFP, da Planejar.

Habilitação - A Previc também divulgou mais uma portaria que estabelece parâmetros para análise do requisito reputação ilibada no âmbito do processo de habilitação de dirigentes. Segundo a norma, serão analisados atos, situações ou circunstâncias incompatíveis com a natureza do cargo ou função a ser exercida em fundo de pensão.

Com isso, a Previc determina que o dirigente que está passando pelo processo de habilitação não pode “responder, em curso, a inquérito policial ou processo criminal, judicial ou administrativo que tenha relação com sistema financeiro nacional, mercado de capitais, seguridade social, economia popular e "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores”.


WEBINAR 4.661

VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês