Busca
    

Ainda é possível encontrar boas companhias com preços razoáveis na bolsa, aponta fundo Verde

06-10-2017 - 17:35:21

 

Em seu relatório de gestão referente ao mês de setembro, os gestores do fundo Verde, da asset de mesmo nome capitaneada por Luis Stuhlberger, avaliam que o mercado, como de praxe, exagera no otimismo, sendo que os múltiplos da maioria das ações da bolsa brasileira já refletem não só melhora de crescimento, mas também forte alavancagem operacional e 'pricing power' (capacidade de aumentar os preços das mercadorias sem alteração na demanda) por parte das empresas. “Muitas delas não conseguirão entregar, e isso ficará claro nos próximos anos”, escrevem os especialistas no documento. Ainda assim, eles destacam que é possível encontrar boas companhias a valuations razoáveis, capazes de compor capital a taxas atrativas nos próximos anos, principalmente nos setores financeiros, de energia elétrica, shoppings, consumo discricionário e saúde.

O relatório do Verde aponta também que o crescimento da economia brasileira continua dando sinais de ter entrado num ritmo mais forte. A confiança do consumidor e do empresariado está em alta, trazendo de volta algum consumo que vinha reprimido, e também a perspectiva de mais investimentos. “Embora questionemos a sustentabilidade do crescimento no médio prazo, no curto prazo as coisas de fato estão melhores e o cenário político praticamente não importa, pelo menos pelos próximos dois trimestres”, escrevem os profissionais da asset. Eles dizem ainda que o fato de o governo Temer ser o mais impopular da história é irrelevante, e a liquidez global dá ao Brasil passe livre para não fazer reformas (por ora). Junte-se a isso uma inflação de alimentos em queda livre e o juro que deve ir para 7,0%, talvez até abaixo. “Nesse contexto, continuamos a manter o portfólio bastante alocado em juro real, mas também zeramos a maior parte dos hedges do nosso portfólio de ações brasileiras”.


VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês