Busca

B3 perde R$ 219 bilhões em valor de mercado em somente um pregão

19-05-2017 - 13:43:56

 

As empresas com ações negociadas na B3 - Brasil, Bolsa, Balcão, a companhia resultante da fusão entre BM&FBovespa e Cetip, perderam R$ 219 bilhões em valor de mercado somente no pregão desta quinta-feira, 18 de maio, quando o Ibovespa fechou em queda de 8,8%, aos 61.597 pontos, no maior tombo desde outubro de 2008. De acordo com as informações da Economatica, o valor de mercado das empresas da B3, que era de R$ 2,73 trilhões no dia 17 de maio, caiu para R$ 2,51 trilhões no dia seguinte. O valor de mercado no dia 18 equivale ao valor registrado pela B3 no dia 13 de janeiro de 2017, quando a B3 também fechou com R$ 2,51 trilhões.

A Petrobras liderou as perdas do pregão de quinta, com uma queda de R$ 27,4 bilhões em seu valor de mercado. Na sequência apareceram os três maiores bancos do país – o valor de mercado do Itaú caiu R$ 26,6 bilhões, o do Bradesco recuou R$ 24,4 bilhões, e o do Banco do Brasil diminuiu R$ 18,7 bilhões. Em termos percentuais, a maior queda foi das ações da Eletrobras, que recuaram 20,97%, seguidas pelas da Cemig, com baixa de 20,43%.

Por outro lado, duas empresas do setor de papel e celulose aparecem no topo da lista das 15 empresas que apresentaram crescimento em seu valor de mercado no dia 18 de maio – o valor de mercado da Fibria subiu R$ 1,8 bilhão, e o da Suzano, R$ 1,3 bilhão.


VídeosOnline

Mais lidas de Investidor Institucional em 3 meses

Mais lidas de InvestidorOline em 1 mês